Voltar para Todos os Eventos

Exposição "É De LÁ" - imagens de 3 continentes. De Klaus Novais.


  • Centro Cultural Brasil Angola 19 R. Cerveira Pereira Luanda, Luanda Angola (mapa)

Exposição “É DE LÁ” traz imagens de três continentes e celebra a herança cultural africana.
Cores, danças, paisagens e personagens de Angola e da diáspora dos povos africanos compõem as vibrantes pinturas e desenhos da exposição “É DE LÁ”, do artista brasileiro Klaus Novais.

Klaus Novais costuma dizer que foi trazido a Angola por força de sua própria inspiração. Fascinado pelas manifestações culturais, e particularmente pelas de origem africana, o artista acumula observações e interpretações colhidas nos períodos em que residiu em Portugal, no Peru, em Angola e em seu Brasil natal, para além das diversas regiões que percorreu. Quatro países, três continentes, dois oceanos e dois hemisférios unidos pelo fio condutor de um olhar brasileiro.

Criadas no decorrer de duas décadas, as 50 obras que compõem a exposição “É DE LÁ” privilegiam cores e elementos de grande conteúdo simbólico. Utilizando-se de materiais tão diversos como tela, papelão e filtros de café, por meio de técnicas mistas inspiradas nas artes populares, no Naïf e no Kitsch, os pincéis de Klaus Novais levam-nos a uma viagem por seu estilo figurativo próprio e profundamente autoral, traçando pontes entre realidades distintas.

Um dos destaques da exposição “É DE LÁ” é a sessão dedicada à cultura afroperuana, revelando aspectos ainda pouco conhecidos da diáspora africana no Oceano Pacífico e guardando inesperadas conexões de ancestralidade com Angola. A série tem por base a exposição “Ojos Negros”, realizada em 2018 no salão principal do Ministério da Cultura do Peru – uma honraria raramente concedida a um artista estrangeiro.

Reforçadas por seu próprio desenraizamento, as pinturas e os desenhos apresentados como sendo “de lá” representam o que vem de fora, do estrangeiro, mas que, mesmo separados pelo espaço e pelo tempo, integram e formam sociedades tão distintas. Trazer “É DE LÁ” ao continente-berço é como um filho que, nascido noutro país, volta à casa. A exposição “É DE LÁ” convida a uma viagem pelo universo do artista que veio a se tornar, para sempre e inexoravelmente, de lá, de cá e de toda parte

Patente de 29 de agosto a 29 de setembro no Centro Cultural do Brasil em Angola (CCBA).
Entrada gratuita.

Exhibition “IS FROM THERE” brings images from three continents and celebrates the African cultural heritage.

Colors, dances, landscapes and characters from Angola and the Diaspora of African peoples make up the vibrant paintings and drawings of the exhibition “É DE LÁ”, by Brazilian artist Klaus Novais. Klaus Novais often says that he was brought to Angola by virtue of his own inspiration.

Fascinated by cultural manifestations, and particularly those of African origin, the artist accumulates observations and interpretations collected during the periods in which he lived in Portugal, Peru, Angola and his native Brazil, in addition to the various regions he traveled. Four countries, three continents, two oceans and two hemispheres united by the guiding thread of a Brazilian look. Created over the course of two decades, the 50 works that make up the exhibition “IS THERE” privilege colors and elements of great symbolic content. Using materials as diverse as canvas, cardboard and coffee filters, using mixed techniques inspired by the popular arts, Naïf and Kitsch, Klaus Novais brushes take us on a journey through their own figurative style and deeply author, drawing bridges between different realities.

 One of the highlights of the “É DE LÁ” exhibition is the session devoted to Afro-Peruvian culture, revealing aspects of the African diaspora in the Pacific Ocean, and unexpected connections of ancestry with Angola. The series is based on the exhibition “Ojos Negros”, held in 2018 in the main hall of the Peruvian Ministry of Culture - an honor rarely given to a foreign artist.

Reinforced by their own uprooting, the paintings and drawings presented as "from there" represent what comes from outside, from abroad, but which, even separated by space and time, integrate and form such distinct societies. Bringing "IS FROM THERE" to the continent-cradle is like a son who, born in another country, returns home.

 The exhibition "IS FROM THERE" invites you to a journey through the universe of the artist who has become, forever and inexorably, from there, here and everywhere.

Patent from August 29 to September 29 at the Cultural Center of Brazil in Angola (CCBA).

Free entrance.

Evento Posterior: 12 de setembro
Exposição "Idiossincrasias" de Paulo Kussy